Conheça Nossos Serviços

Coleta de Resíduos

IMG-20180802-WA0017.jpg

Este serviço abrange tanto a coleta de resíduos sólidos resultantes dos serviços de saúde, resíduos inertes e inservíveis em geral. Nossa mão de obra é treinada e capacitada para a execução  das atividade com segurança e sempre utiliza equipamentos específicos para cada uma das operações.

Destinação final de resíduos

FOLDER_42x29_7cm-03.jpg

A destinação final do lixo é feita em aterro sanitário de resíduos sólidos e urbanos (Classe II-A ABNT), também conhecidos por CTRs - Centrais de Tratamento de Resíduos Sólidos e Urbanos. Através da implantação de usinas de seleção de matérias recicláveis e de pátios de compostagem dos resíduos orgânicos é possível produzir compostos que poderão ser utilizados como matéria prima na atividade agrícola e nos parques e jardins da cidade.

Corpo Técnico

Para prestar aos seus clientes um trabalho de excelência, Exa Ambiental conta com profissionais altamente capacitados e com experiência na área ambiental. O seu corpo técnico é composto por:

FOLDER_42x29_7cm-03 13.jpg

Engenharia 

Licenciamento Ambiental

Nessa área, a Exa Ambiental atua com os serviços de: Gerenciamento, Estudos e Projetos, Controle, acompanhamento, execução e fiscalização de obras.
A empresa engloba as áreas de engenharia, arquitetura, urbanismo, infra-estrutura urbana (esgotamento sanitário, abastecimento de água e drenagem pluvial), projetos estruturais, projetos elétricos, SPDA, telefonia, lógica e projetos hidrossanitários, estudos de meio ambiente, plano direto de saneamento, plano diretor de saneamento, estudos e projetos técnico sociais, reformas e manutenção de edificações, especificações e orçamentos, fiscalização das obras de implantação, adaptações e adequações do projeto.

O licenciamento ambiental é um instrumento utilizado pelo Brasil com o objetivo de exercer controle prévio e realizar o acompanhamento de atividades que utilizam recursos naturais, que sejam poluidoras ou possam causar degradação do meio ambiente. Esse é um processo administrativo que resulta, ou não, na emissão de uma licença ambiental. Foi introduzido no país com a lei da Política nacional do Meio Ambiente, em 1981.